Mesmo com chuvas, manutenções do tapa-buracos são realizadas pela Proguaru diariamente

As chuvas de verão têm sido a principal inimiga das manutenções realizadas pelo tapa-buracos. Mesmo tendo que lidar com as intempéries do tempo, as equipes da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A) não param com as ações. Nesta quarta-feira, 27, o serviço foi executado em seis regiões.

As manutenções ocorreram na avenida Natália Zarif (Taboão), avenida Papa João Paulo I (Inocoop), avenida José Miguel Ackel (Jardim Giovana), rua Segundo Tenente Rui Lopes Ribeiro (Jardim Santa Mena), rua Queluz (Cidade Satélite) e rua José Bernardo Medeiros (Jardim Santa Francisca).

O arquiteto Luiz Antônio de Freitas, supervisor técnico do Setor de Infraestrutura Viária da Proguaru, conta que as chuvas são as principais responsáveis pelo aparecimento de buracos neste período. “A malha viária da cidade é antiga. A água da chuva acaba penetrando as trincas dos pavimentos, o que provoca a desagregação da capa asfáltica. Outro problema são as sarjetas avariadas, que também colaboram com este desgaste”, disse.

Freitas explicou ainda que,nas atividades de recomposição asfáltica, as equipes utilizam um material com temperatura alta (concreto asfáltico), além de emulsão asfáltica (uma espécie de cola) que é diluída em água. “Com as chuvas ocorre a perda de temperatura da massa asfáltica e aumenta a diluição da emulsão que perde a propriedade de agregar a massa à base do pavimento”, acrescentou.

Para saber mais sobre a programação diária dos serviços executados pela Proguaru, atendendo às solicitações da Prefeitura de Guarulhos, acesse o site www.proguaru.com.br.

Por Sávio Junior/Comunicação Proguaru – Crédito da Foto: Divulgação/Comunicação Proguaru

Share this post