Integrantes da comissão que fiscalizará as obras da Câmara são definidos

A obra da nova sede própria da Câmara Municipal de Guarulhos contará com a fiscalização de uma comissão formada por integrantes da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), Legislativo municipal e J. A – Engenharia e Construção (empresa responsável pelo projeto executivo).

Pela Proguaru, os nomes escolhidos foram dos engenheiros Lilia Mendes e Evaldo Moura, além do assessor Henrique Bernardes; João Francisco Viseu de Barros e Thiago Seminotti Selski serão os representantes do Legislativo. Pela J.A – Engenharia e Construção, o profissional indicado foi Vinicius Ferreira da Silva.

Os participantes terão a responsabilidade de acompanhar, fiscalizar e fazer a gestão do dia a dia dos trabalhos, que vem sendo tocados pela Proguaru. A obra da nova sede própria do Legislativo está orçada em R$ 6.773.236,29 milhões e foi contratada pelo Legislativo de Guarulhos com dispensa de licitação, já que a Proguaru é uma empresa de economia mista que tem como sócia majoritária a Prefeitura, o que traz maior agilidade na aprovação dos projetos junto a municipalidade, além do fato de que os recursos públicos empenhados circularão dentro do município, proporcionando assim mais economia e transparência na condução das ações.

Crédito da foto: Rafael dos Anjos/Comunicação Proguaru

Share this post