Em nova estimativa, Operação Tapa-buracos deve realizar 30 mil manutenções até julho

A Prefeitura de Guarulhos, que iniciou a Operação Tapa-Buracos em 15 de abril, fez nova estimativa sobre a meta de manutenções de ruas e avenidas da cidade. Até o final de julho, a força tarefa formada por equipes da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A) e SAAE/Sabesp, deve atingir mais que o dobro do número previsto no processo inicial, ou seja, aproximadamente 30 mil buracos serão tapados num prazo de 100 dias. A previsão no início dos trabalhos era de 14 mil.

Desde o início da operação, as equipes da Proguaru e SAAE/Sabesp estão se deparando com um maior número de demandas, confirmando a previsão do prefeito Guti que, em abril, alertou que o número de manutenções seria acima do previsto pela administração municipal.

Segundo Bruno Gersósimo, assessor da presidência da Proguaru, o aumento das manutenções ocorreu pelo fato de o trabalho estar sendo implementado de maneira bastante minuciosa pelas equipes nas ruas e avenidas da cidade.

Para se ter uma ideia, até segunda-feira, 28, a força tarefa já contabilizava mais de 13.200 buracos tapados. Pelo planejamento estabelecido, as regiões a serem atendidas pelas equipes são: Pimentas (05/05 a 29/05), Centro Expandido (30/04 a 05/06), Cumbica (30/05 a 23/06), Lavras (24/06 a 14/07), Ponte Grande (06/06 a 15/06), Cidade Martins (16/06 a 10/07) e Várzea do Palácio (11/07 a 14/07).

Por Sávio Junior/Comunicação Proguaru – Crédito da foto: Rafael dos Anjos/Comunicação Proguaru

Share this post